Qual a Diferença do Café Descafeinado Para o Café Comum?

Basicamente, a diferença entre o café descafeinado para o café comum é a quantidade de cafeína que cada tipo apresenta.

O café descafeinado tem o sabor, a textura e aroma muito semelhante ao café comum. Portanto, podemos dizer que o apreciador de café ficará satisfeito em qualquer uma das duas opções!


A única e mais importante diferença entre os dois tipos de café é a quantidade de cafeína que cada um apresenta. Ou seja, mesmo o café descafeinado possui uma pequena quantidade de cafeína!

Para efeito de comparação, 100g do café comum (o que tem cafeína) tem em média 0,8 a 2,5g de cafeína. Por outro lado, o descafeinado na sua composição deve ter no máximo 0,1 g de cafeína a cada 100g do pó. Ou seja, a bebida tem uma quantidade menor de cafeína, mas, não “zero cafeína”.

Quem Deve Tomar e Porque:

Sendo assim, o café descafeinado é recomendado para indivíduos hipertensos ou aqueles que possuem outras complicações, distúrbios de ansiedade, esofagites, taquicardia, gastrites, azia, úlceras, náuseas, labirintites, enxaquecas, e dores de cabeça. Além disso, o café comum rico em cafeína, o que comprovadamente afeta o sono e pode ter como consequência problemas de insônia.

Como é Feito o Café Descafeinado

Existem várias formas de fazer o café descafeinado. Enquanto algumas destas formas usam produtos químicos, outras usam apenas a água quente. Entretanto, os processos com água quente são os que têm o custo mais elevado.

Todas as formas de preparo começa com o despejo dos grãos de café em água quente com o objetivo de amolecer os grãos.

Logo depois, os grãos podem ser mergulhados em um solvente. O lado ruim deste método é que o solvente nunca é totalmente removido do café, o que afeta o seu sabor.

Outras formas de fazer o café descafeinado utilizam a própria água quente onde os grãos foram amolecidos como solvente. Neste método, basicamente o café permanece na água quente por um tempo maior até que a cafeína se desprenda dos grãos para serem separadas em um filtro de carvão. Alguns, em vez de mergulhar os grãos em água pura, usam uma água já saturada por substâncias de café e filtrada no carvão.

Outro método sem solvente consiste em cozinhar os grãos amolecidos com gás carbônico em uma caldeira de alta pressão. Desse modo, o gosto da bebida é muito pouco alterado. Sua desvantagem é ter um custo bem elevado comparado aos demais.

Benefícios do Café Descafeinado

Os benefícios do café tradicional são vários e bem conhecidos. Porém, existe uma diferença entre o café descafeinado e o café comum. Isso porque quando a cafeína é separada dos grãos do café, os outros nutrientes do grão acabam se sobressaindo na bebida, oferecendo muitos benefícios para nossa saúde.

O descafeinado também é rico em potássio, magnésio, ferro, fósforo e muitas vitaminas. A combinação desses nutrientes pode ajudar na prevenção e redução de vários problemas de saúde. Doenças como Alzheimer, Câncer, Parkinson, além de protegerem o fígado da cirrose.

Portanto, da mesma forma que o café comum, o café descafeinado é muito bom para a saúde. Mas, devemos ter em mente que o consumo deve ser moderado. Especialistas indicam que uma a duas xícaras de café por dia é o suficiente para aproveitar todos esses benefícios.


Compartilhe esse Artigo e comente abaixo sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *